quinta-feira, 27 de outubro de 2011

SOU UMA APOSTILA SEM VIDA

 

Olhem o e-mail que recebi…

Minha conclusão: Rapazeada se vocês querem ser professores saibam que irão: intimidar, ofender seu alto conhecimento, trazer picuinhas à tona para se acharem importantes entre outras coisas, enfim…ser professor hoje no Brasil não é fácil e muito menos seguro, do ponto de vista jurídico policial.

 

Email 3

Defesa,

RTSTA, você novamente enganada comigo!

A primeira foi de me cobrar um plano de ensino no qual eu nem era o orientador. Agora doessa.

Te falei que estava indo ao banheiro (fazer o número 2) em alto e bom som! E você novamente interpretou tudo equivocadamente. Além disso eram 18:50 quase no horário de minha aula, e acho que é uma insensibilidade sua, pois não se nega nem a uma criança o direito de ir ao banheiro.

Por outro lado, ainda te procurei no intervalo para ver o que vc queria, e no entanto vc tinha se ausentado da unidade, como vc naum voltou mais ao assunto, entendi que não era importante, pelo menos para aquele momento.

Não sou rebelde como vc afirma no e-mail, muito pelo contrário, mas não posso aceitar passivamente esses pontos negativos junto ao educacional, e principalmente ao diretor da unidade, pois sou um dos melhores professores da unidade.

Acho que não se deve confundir o professor juliano, com o técnico do XYZ juliano, pois acho que foi exatamente isso que ocorreu. É por essas coisas que estou pensando muito em deixar as atividades técnicas de lado, para me concentrar somente no educacional, que é a principal atividade que desempenho.

 

Email 2

Bom dia,

Reafirmo o posicionamento da coordenadora do núcleo educacional da unidade de HGJNHS, acrescentando que este núcleo tem na pessoa da RTSTA, a interlocutora da direção com os orientadores e coordenadores de área. Todas as atitudes favoráveis e desfavoráveis na área educacional será tratada pela coordenação do núcleo com esta direção. Este organograma/fluxograma deve ser visto e mentalizado diariamente por todos, para não ocorrer este tipo de distorção.

 

Email 1

Assunto: Bom dia.

Bom dia Juliano: quero dizer que fiquei muito triste com sua atitude, o dia que lhe chamei para conversar.

Nós, que temos o dever de aplicar e ensinar conhecimentos, habilidades, valores e atitudes, temos também que manter a harmonia e o respeito entre a equipe XYZ de ensino.

O conceito de atitudes e valores saiu do abstrato, utópico e idealista para fazer parte da rotina das pessoas; seja na vida familiar , profissional ou social.

A educação passou a ter fundamental papel na disseminação desse conceito e tem no orientador, no coordenador, no diretor, enfim, em todos que convivem, o seu principal interlocutor com o aluno e com a sociedade para atingir os objetivos pautados não somente pela capacidade técnica e pelo conhecimento, mas também pela honestidade, a ética e o espírito público.

Na educação deixamos de ser apenas um mero transmissor de conhecimentos prontos e imutáveis para nos tornarmos parceiros, orientador e mediador nas descobertas do aluno e na construção do conhecimento que ele vive na instituição. Nesse contexto o trabalho das atitudes e valores podem ser um fundamental aliado na formação cidadã quando bem feito e de forma responsável.

Da mesma forma pode ser o grande calcanhar de Aquiles do profissional e da instituição quando feito por pessoas não preparadas para essa transmissão de valores ou pior, pessoas sem a noção ou posse dos mesmos.

O orientador é o espelho do aluno e a sua forma de se relacionar com o mundo é que vai influenciar sobremaneira a forma como o aluno vai se relacionar com a instituição e com o mundo do trabalho. Um orientador que não é pontual incentiva a impontualidade; um orientador permissivo incentiva o desleixo e a irresponsabilidade; um orientador que não respeita a ordem a hierárquica da instituição, seu regimento e seus colegas incentiva a rebeldia inconsequente e o espírito desagregador.

Neste mundo carente de valores e de atitudes em favor da humanidade e do coletivo o que nos resta se vemos o orientador, símbolo do conhecimento, também como um ser vazio, carente de valores, apenas uma “apostila” sem vida ? Nos resta o caos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário